Configurando um URL amigável no TFS (3 de 5): SharePoint

Neste post (parte da série sobre nomes amigáveis para o TFS), vamos falar sobre a configuração do SharePoint.

Alterar o URL amigável do SharePoint envolve duas etapas de configuração: adicionar o novo URL ao SharePoint e então avisar o TFS da mudança. Vamos ver como fazer as duas coisas.

Continue lendo “Configurando um URL amigável no TFS (3 de 5): SharePoint”

Configurando um URL amigável no TFS (2 de 5): Reporting Services

Continuando nossa série sobre como configurar um URL amigável para o TFS, agora vamos falar do SQL Server Reporting Services.

O SQL Server Reporting Services (SSRS) é parte importante – ainda que opcional – de uma instalação de Team Foundation Server. É através dele que são disponibilizados muitos dos relatórios disponíveis no TFS, como o exibido abaixo:

Relatório "Stories Overview" no SSRS
387

Continue lendo “Configurando um URL amigável no TFS (2 de 5): Reporting Services”

Configurando um URL amigável no TFS (1 de 5): Application Tier

Como prometido, lá vai nossa série de posts sobre como configurar um URL amigável para o TFS.

Nesta primeira parte iremos configurar o Application Tier – o “front-end” e principal componente do Team Foundation Server. Para isso precisamos:

  1. Criar um registro no DNS para o URL amigável;
  2. Configurar o host name no IIS (opcional);
  3. Configurar o URL público no TFS;
  4. Testar tudo.

Continue lendo “Configurando um URL amigável no TFS (1 de 5): Application Tier”

Configurando um URL amigável no TFS

imageConfigurar o TFS já deixou, há muito tempo, de ser algo complicado – mesmo considerando que uma instalação típica de TFS é composta de vários servidores além do próprio TFS (SQL Server, SharePoint etc.). Esta característica, entretanto, torna uma atividade ainda um tanto complicada: criar um URL amigável para o TFS, que seja aplicado a todos os seus componentes. Continue lendo “Configurando um URL amigável no TFS”
240

Boas práticas para Contas de Serviço do Team Foundation Server 2012

O Team Foundation Server, como  qualquer outro produto de servidor, tem suas particularidades de instalação e também um conjunto de boas práticas que facilitam tanto a instalação quanto a posterior manutenção do ambiente.

Dentre as diversas boas práticas, uma das mais úteis refere-se à configuração das contas de usuário e serviço para o TFS. Use as contas listadas abaixo quando você for instalar seu TFS.

Contas de usuários interativos

As contas interativas são apenas com que você faz logon no Windows. Atualmente o TFS precisa apenas de uma conta interativa: a TFSSETUP.

Conta

Finalidade

TFSSETUP

Conta usada para o processo de configuração do TFS

Contas de serviço

As contas de serviço são usadas para cada um dos componentes de servidor do TFS que rodam como um processo independente. Entram nessa categoria os serviços Windows e os App Pools do IIS.

Conta

Finalidade

TFSSERVICE

Conta de serviço do TFS

TFSREPORTS

Conta do Reporting Services e do TFS Project Portal no SharePoint

TFSBUILD

Conta do servidor de build

SPSSERVICE

Conta de serviço da Farm (Central Admin etc.) do SharePoint

SPSSEARCH

Conta do serviço de busca do SharePoint

TFSLAB

Conta de serviço para o recurso de Lab Management

TFSTEST

Conta de serviço do controlador de testes

Dicas

  1. Os nomes de contas listados acima são apenas uma sugestão de nome. Você pode usar o nome que bem quiser; entretanto, se puder usar os nomes acima fica mais fácil de se achar na documentação depois;
  2. As contas podem ser tanto locais (criadas no próprio servidor do TFS) quanto de domínio. Porém, você só pode usar contas locais em instalações do tipo single server. Instalações dual-server ou em cluster exigem a utilização de contas de domínio;
  3. Depois que você terminar a instalação do TFS, adicione os administradores do TFS e desabilite a conta TFSSETUP no Windows (conta local) ou no Active Directory (conta de domínio). Resista à tentação de usar a conta TFSSETUP no dia-a-dia, pois ela tem privilégios demais e pode expor seu ambiente a um risco desnecessário. Quando precisar fazer alguma manutenção no ambiente – por exemplo, instalar um service pack no TFS – reabilite a conta, faça o trabalho necessário de depois a desabilite de novo.

Para saber mais

Para mais detalhes, consulte a documentação do TFS aqui: http://msdn.microsoft.com/en-us/library/ms253149.aspx

 

Um abraço,
  Igor