O que você vai encontrar neste blog?

Ainda que o assunto de todos os blogs do VSTS Rocks Brasil seja “tudo sobre Team System”, pretendo me especializar em alguns tópicos bem precisos – afinal, não dá para abraçarmos o mundo, não?

Se você estiver interessado em:

  • Version Control (controle de versão e, especialmente, o Team Foundation Source Control);
  • Team System Extensibility (estendendo a funcionalidade do Visual Studio e do TFS);
  • Process Customization (ajustar os templates MSF que acompanham o TFS, ou criar o seu próprio);
  • Team Architect (funcionalidades específicas da Team Edition for Software Architects, como o Distributed Solutions Diagram);

Então você veio ao lugar certo! Ainda que eventualmente eu escreva sobre outros aspectos do Team System, certamente os listados acima receberão uma atenção especial de minha parte.

E não se esqueça, adicione agora mesmo meu feed  ao seu leitor RSS!

1

Adicionando referências aos assemblies do Team Foundation Server no Visual Studio

Para criar soluções que integrem ou estendam o TFS, você certamente precisará referenciar um ou mais dos vários assemblies que compõem a API do Team Foundation Server. Esses assemblies estão no GAC (instalados juntamente com o Team Explorer) e são copiador também para a pasta PrivateAssemblies do Visual Studio. Entretanto, a caixa de diálogo Add Reference não mostra os assemblies do GAC (tosco, não? ;-)). Os motivos e o workaround (gambiarra, em bom português) para adicionar novos assemblies pode ser encontrado num artigo na KB da Microsoft.

Encontrei no blog do Buck Hodges uma dica muito útil, com um arquivo batch de exemplo que registra os assemblies do TFS para que apareçam no diálogo de Referências do VS 2005. Quem quiser pode baixar o arquivo em anexo.

SCRUM Process Template para o Team System!

Está disponível para download o Scrum for Team System da Conchango. Com ele é possível adicionar ao Team System um novo process template para processos baseados na metodologia SCRUM.

E o melhor: É gratuito!  😉

Para saber mais:

Fonte: http://blogs.msdn.com/robcaron/archive/2006/03/26/561657.aspx

1

Área de Processo (PA) cobertas pelo MSF + VSTS

Você sabia que o foco da Microsoft com o MSF for CMMI é atender às empresas com CMMI nível 3?

E que das 25 PAs (áreas de processo) do CMMI (inclui PAs dos níveis
2 a 5), vinte estão cobertas pelo MSF +
VSTS
? Das PAs que diretamente a uma empresa CMMI nível 3 (são 21, sete no nível 2
e quatorze no nível 3), dezesseis delas estão cobertas. As exceções
são:

  • SAM
    (Supplier Agreement Management – nível 2)
  • ISM
    (Integrated Supplier Management – nível 3)
  • OPF
    (Organizational Process Focus – nível 3)
  • OT (Organizational
    Training –
    nível 3)
  • OEI
    (Organizational Environment for Integration – nível 3)

Essas PAs não foram incluídas
simplesmente porque não estão diretamente ligadas ao desenvolvimento do produto
– e, portanto, além do expertise
do pessoal da Microsoft.

 

Para saber mais, consulte http://www.agilemanagement.net/Articles/MSF/WhyTheMissingFive.html.