SVNBridge: Integre seu TFS 2010 com clientes Subversion

image
80

Um dos grandes desafios de muitas empresas que pretendem migrar do Subversion para o TFS é: como integrar meu time – e suas ferramentas – ao novo servidor?

Se você usa ferramentas que oferecem suporte nativo ao TFS – como o Visual Studio, o Eclipse (com o Team Explorer Everywhere) ou até mesmo o IntelliJ IDEA – fica mais fácil. O problema é quando o time está usando ferramentas que só sabem falar com o Subversion, tal como o Adobe Dreamweaver ou o Apple Xcode.

Para esses casos, uma alternativa pode ser o SVNBridge – um tradutor de protocolos (ou “bridge”) que emula o protocolo do Subversion, “enganando” os clientes como o Dreamweaver ou o Xcode e fazendo-os acreditar que estão conectados a um repositório Subversion, quando na verdade estão falando com o TFS.

O SVNBridge foi criado pelo time do CodePlex para que clientes SVN (em especial o TortoiseSVN) pudessem ser usados para conexão com os TFS oferecidos pelo serviço CodePlex. O time percebeu que muitas empresas poderiam se beneficiar disso e portanto decidiram compartilhar o código.

Se você já usa (ou pretende usar) o TFS e tem pessoas no seu time que dependem de ferramentas que não “falam” TFS mas “falam” Subversion, experimente o SVNBrigde!

Um abraço,
    Igor

Economize espaço em disco ao usar Coded UI Test, Team Build e Vídeo

Gráfico de uso de espaço em disco (exemplo)
269

Você sabia que os testes criados com o Microsoft Test Manager (parte da família Visual Studio 2010) podem ser configurados para capturar, automaticamente, vídeos da tela do computador durante a execução dos testes?

Ah, já sabia? Bom, confesso que realmente não esperava que isso fosse uma grande novidade… Smile

O que talvez seja novidade para alguns é que mesmo testes do tipo Coded UI (testes de automação de interface de usuário, recurso exclusivo do Visual Studio 2010 Premium/Ultimate) que são executados pelo Team Build, durante o processo de build automatizado, podem gerar vídeos.

A vantagem disso é que em caso de problemas o desenvolvedor consegue assistir ao vídeo da execução do teste e pode identificar mais facilmente eventuais problemas. A desvantagem é que o consumo de espaço em disco do banco de dados do TFS pode crescer muito rápido – afinal, testes automatizados são criados para serem executados repetidas vezes!

A dica, portanto, é manter no TFS apenas os vídeos dos testes que falharem! Afinal, se o teste foi bem-sucedido é pouco provável que você precise do vídeo…

Para isso:

  1. Abra a solução que contém seu projeto de testes;
  2. Localize o arquivo .testsettings que está associado ao seu processo de build (no meu exemplo, é o arquivo BVT.testsettings):
    Localização do arquivo BVT.testsettings
  3. Em Data and Diagnostics, selecione a opção Video Recorder e clique em Configure:
    Botão "Configure" do gravador de vídeo
  4. Agora, o “pulo do gato”: Desmarque a opção Save video recording if test case passes:
    Opção "Save video recording if test case passes"

 

Um abraço,
   Igor

Traga seu banco de dados para o ALM (Lightning Talk – Trilha ALM) do TDC 2011

Pessoal, segue abaixo a apresentação que utilizei na minha palestra sobre DDLC (Database Development Lifecycle) e integração do desenvolvimento de bancos de dados ao ALM com Visual Studio Premium e Team Foundation Server 2010.

Bom proveito!

 

Um abraço,
Igor Abade (@igorabade)

Apresentação do BNB Developer Day (#bnbdevday) está disponível

Na semana passada tive o prazer de estar em Fortaleza para dois eventos importantes:

  • O Agile Brazil 2011, do qual nós da Lambda3 tivemos a honra de participar como patrocinadores e como palestrantes em várias trilhas;
  • E o BNB Developer Day, no Banco do Nordeste do Brasil. Neste evento, coordenado pelo pessoal da Microsoft Brasil, o pessoal do banco teve a oportunidade de conhecer o que há de novo em várias tecnologias de desenvolvimento de aplicações na plataforma MS.

Como convidado do time de Development Tools da MS Brasil (obrigado, Rodrigo!), tive a oportunidade de apresentar alguns dos recursos de ALM do Visual Studio 2010 para desenvolvedores e arquitetos. Atendendo a pedidos de todos os que participaram do evento, publico abaixo a apresentação que usei durante o evento.

Recursos avançados de desenvolvimento [slideshare id=8590710&w=425&h=355&sc=no]

Mais uma vez, obrigado ao pessoal do BNB pela hospitalidade. Espero estar em breve com vocês novamente!

Um abraço,

Igor Abade (@igorabade)

Desabilitando temporariamente o envio de emails do TFS 2010

Caso você precise desabilitar, por qualquer motivo, o envio dos emails gerados a partir dos Alertas do TFS 2010, pode tirar proveito de um comando não-documentado:

TfsConfig configureMail /Enabled:false

Quando quiser retomar o envio de emails, basta reabilitar o serviço executando novamente o comando acima usando o valor true.